terça-feira, 27 de agosto de 2013

Escala de Valores na vida de um Cristão

 Escala de Valores


Bem sabemos que precisamos obedecer a palavra de Deus e que desobedecer é  pecado, o pecado da desobediência é o mesmo que  de iniquidade, por isso precisamos aprender pra não errar e nem desobedecer, porque fazer errado é o mesmo que estar em desobediência vamos aprender? veja abaixo.





Deus em Primeiro Lugar

Não há nada, absolutamente nada que possa ocupar o primeiro lugar de nossas vidas, a não ser Deus. O mandamento dado a Moisés foi lembrado e enfatizado pelo próprio Senhor Jesus:
Aproximou-se dele um dos escribas que os ouvira discutir e, percebendo que lhes havia respondido bem, perguntou-lhe: Qual é o primeiro de todos os mandamentos?
Respondeu Jesus: O primeiro é: Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor.
Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças.
E o segundo é este: Amarás ao teu próximo como a ti mesmo. Não há outro mandamento maior do que esses.
(Marcos 12.28-31)



Família em Segundo Lugar

Muita
gente tem errado ao pensar que a igreja ou o ministério vem depois de Deus. É como um caso que ouvimos. Uma senhora do interior de São Paulo disse que Deus a chamou para uma missão e desapareceu de casa por mais de um mês. Quando os irmãos da congregação perceberam o que estava acontecendo, tiveram que cuidar dos filhos desta mulher que não tinham o que comer e nem vestir. O marido estava furioso porque roupas chegaram a apodrecer no tanque enquanto a família aguardava ansiosa o término da missão.
Isto é um absurdo! Uma mulher destas nunca leu a Bíblia! Até no caso de diminuir a intensidade do contato físico para se dedicar à oração, o casal deve estar em acordo
(1Co 7.5). Mas aquela mulher não consultou seu marido, ela apenas disse: - Deus me chamou e eu estou indo. E ainda por cima dizia que o marido era carnal a ponto de não discernir a voz de Deus...
Veja o que as Sagradas Escrituras ensinam acerca do lugar da família na nossa escala de valores:
Mas, se alguém não cuida dos seus, e especialmente dos da sua família, tem negado a fé, e é pior que um incrédulo. (1 Timóteo 5.8 )

Trabalho em Terceiro Lugar

É impressionante a facilidade com que nos levamos aos extremos. De um lado, temos na igreja, pessoas que são viciadas em trabalho e cujas vidas não estão em ordem, pois desrespeitaram a escala bíblica de valores, pondo o trabalho em primeiro lugar. De outro, temos aqueles que relegaram ao trabalho o último lugar na sua escala de valores, ou que nem mesmo colocam o trabalho em suas prioridades!
Quando a Bíblia fala daquele que não cuida da sua família sendo pior do o descrente (1 Tm 5.8 ), está falando, no contexto, sobre sustento material, sobre provisão das necessidades físicas. Um cristão que não leva a sério o trabalho, à ponto de deixar sua família passar necessidade, está violando dois valores importantíssimos que vem logo depois de Deus!
O trabalho é uma ordem bíblica. É o meio do homem sustentar sua casa e viver dignamente. Além disto, por meio do seu ganho ele também poderá servir ao reino de Deus e ao necessitado:
Aquele que furtava, não furte mais; antes trabalhe, fazendo com as próprias mãos o que é bom, para que tenha com que acudir ao necessitado (Efésios 4.28 )

Igreja em Quarto Lugar

Para
muitos parece falta de espiritualidade deixar a igreja depois da família e do trabalho, mas esta é a forma correta de encarar nossas prioridades. Mas note que estamos falando de valores e sua ordem, e não sobre a escolha de quais destes fatores terão lugar ou não em nossas vidas. Todos eles devem ter lugar em nossas vidas. O fato da família vir antes que a igreja, não me dá o direito de não ir à igreja. Isto significa apenas que eu não devo negligenciar minha casa por causa da igreja, mas não me dá o direito de abandonar a igreja. Muitas pessoas não vão aos cultos para passear com a família, e isto é errado. Devemos passear com nossos familiares, mas isto deve ser programado a fim de não coincidir com outros valores, como o horário do culto na igreja.
Não podemos deixar de nos envolver com a igreja:
não abandonando a nossa congregação, como é costume de alguns, antes admoestando-nos uns aos outros; e tanto mais, quanto vedes que se vai aproximando aquele dia. (Hebreus 10.25).
É necessário que o crente em Jesus seja fiel em freqüentar sua igreja. Não apenas porque ali ele é edificado e fortalecido, mas principalmente porque esta é forma de andarmos debaixo de cobertura espiritual. Precisamos uns dos outros; precisamos do relacionamento com os irmãos! A Bíblia diz que o que vive isolado insurge-se contra a verdadeira sabedoria (Provérbios 18.1).
Postar um comentário