quinta-feira, 16 de agosto de 2012

PARÁBOLA DAS DUAS MULAS


Essa é a historia de duas mulas, havia um fazendeiro que tinha duas mulas, como sabemos as mulas são animais usados no transporte de cargas, uma mula era grande e  forte a outra era uma mulinha pequenininha e  fraquinha, e certo dia o banqueiro foi até aquela fazenda e chegando lá viu essas duas mulas juntas trabalhando então ele disse ao fazendeiro : se você quiser te arrumo um dinheiro daí você pode comprar outra mula daquela grande e forte e sua produção irá aumentar e o trabalha será feito mais rápido, o que o Sr. Acha ?O fazendeiro lhe disse: eu já tentei fazer isso uma vez, mas deu certo, por incrível que pareça essa mula grande e forte só trabalha bem se a pequenininha estiver perto dela, de alguma forma que eu não sei como explicar à você essa mula grande gosta de desfrutar da companhia da pequenininha,então o banqueiro foi embora.


                  E você já começou a se identificar com essa história?
Eu sim, porque o mesmo acontece conosco e Deus, Deus é grande, forte, pode fazer tudo sozinho não precisa de nós pra nada, afinal Ele é Deus, no entanto ele ama desfrutar da nossa companhia, ele gosta de ficar perto de nós, ele gosta de ouvir nossa voz, ele gosta quando nós conversamos com ele, como um pai que ama desfrutar da companhia do filho, Davi era um homem que Deus o chamou e disse que ele era  segundo seu coração, sabe porque?
 Não porque ele era perfeito muito pelo contrário ele errou por várias vezes, e  se arrependeu depois, mas Deus o considerava segundo seu coração porque ele  valorizava a presença de Deus mais do que tudo em sua  vida, ele era um homem riquíssimo, no entanto seu prazer estava em Deus,e ele ainda disse: pois um só dia Senhor em tua presença valem mais que mil em outros lugares e quando ele pecou adulterando com a mulher de seu oficial ele reconheceu seu erro e só pediu uma coisa pra Deus, sabe qual foi essa coisa que ele pediu? Que Deus não o retirasse de sua presença porque ele  não conseguiria viver longe da presença de Deus.
Beijos e pense nisso!
Postar um comentário